Uso do advérbio “Apenas” em espanhol

Como em português, em espanhol esse advérbio provém da expressão ‘a penas’. Porém, no espanhol usual, o advérbio ‘apenas’ pode ter dois sentidos, diferentemente do português usual que admite somente um.

Adverbio de cantidad: Em espanhol ‘apenas’ pode ser usado como equivalente de ‘solamente’, ‘escasamente’ o ‘únicamente’ como acontece normalmente em português. Veja um exemplo:

  • Apenas algunos turistas visitaron el museo. [Apenas alguns turistas visitaram o museu. Indica a ideia de quase nenhum turista.]

Adverbio de negación: Também pode ser usado com sentido de ‘dificilmente’ ou ‘quase não’, uso este que não ocorre no português comum, embora seja documentado nos dicionários.

  • Por aquella pequeña ventana, apenas podía ver el sol. [Por aquela janela pequena, dificilmente conseguia ver o sol.]

Na maioria dos casos a desambiguação se dará pelo contexto, por exemplo, na frase ‘de tan viejo, apenas podía caminar’ entendemos que ‘apenas podía caminar’ significa ‘dificilmente podia caminhar’ e não que era só isso o que fazia, pois, de ser assim, a frase careceria de sentido.

Outro uso da palavra ‘apenas’ é como conjunção temporal,com sentido de ‘tan pronto como’ , ou ‘logo que’, ‘assim que’, em português, este uso também é idêntico nos dois idiomas. Exemplo:

  • Apenas me bajé del tren, ella me abrazó fuertemente. [Assim / Logo que desci do trem e ela me deu um forte abraço.]

Sobre o Autor: Luis Henrique é professor de espanhol e atua em projetos voluntários junto a comunidades de imigrantes ‘hispanohablantes’. É apaixonado pelo idioma e pela cultura dos países que falam espanhol.

4.jpg

Autor Convidado

Este artigo foi escrito por um Autor Convidado do Dicas de Espanhol. Confira o nome do autor no rodapé do texto acima. Seja um colaborador, clique aqui e saiba como participar.

1 comentário

  • 03/03/12  
    Angelica diz: 1

    Alessandro! Parabens pelo trabalho, ja acompanho desde English Experts. Gostaria de dicas de escolas para curso intensivo de Espanhol em Buenos Aires! Gracias!