Outro uso dos pronomes átonos – Parte 1

Esse é um tema que costuma causar muita confusão entre os estudantes de espanhol. Lembrei disso ao ler no fórum a dúvida de um colega ao escutar a expressão ‘El dinosaurio se comió al Sid’ no filme ‘A era do gelo 2’. A dúvida dele era a função do ‘se’ na frase.

O que ocorre é que nessa frase o ‘se’ faz o papel de um objeto indireto (regido por preposição). Mas, deixemos de lado toda essa parte técnica que não agrada a muita gente e vamos ao lado prático: Como e quando usar.

Vejam alguns exemplos usando o pronome átono junto com os verbos.

  • Me comí todo el pastel. [ Comí todo el pastel. ]
  • Te fumaste cuatro cajetillas en un solo día. [ Fumaste cuatro cajetillas en un solo día. ]
  • Se leyó los dos tomos en tan solo una semana. [ Leyó los dos tomos en tan solo una semana. ]
  • Nos bebimos seis cervezas anoche. [ Bebimos seis cervezas anoche. ]

Que construção está correta? As duas. Nos casos acima a tradução com ou sem o pronome seria a mesma:

  • Comi todo o bolo.
  • Você fumou quatro maços em um único dia.
  • Ele leu os dois volumes só em uma semana.
  • Bebemos seis cervejas na noite passada.

Sendo assim, pensando com nossos cérebros brasileiros, parece que não há nenhum sentido em colocar este pronome no início da frase, mas em espanhol o uso desse pronome átono tem função enfática e é muito comum, principalmente na linguagem oral.

Dá a ideia de que o enunciado implica ou implicou algum esforço, certo mérito ou que envolveu qualquer particularidade incomum. Por esta razão só é usado com predicados que expressam eventos específicos ou delimitados, nunca por uma expressão indeterminada, por isso seriam incorretas frases como: Me comí pastel; Te fumaste cigarrillos; Se leyó libros; Nos bebimos cerveza.

Fica pior ainda sem o complemento direto: *Me comí; *Te fumaste ; *Se leyó; *Nos bebimos. Assim o verbo vira um reflexivo e teria um sentido igual ao português, ou seja: Eu me comi, Você se fumou, Ele se leu, Nós nos bebemos. Não precisa nem falar que são frases completamente sem sentido.

Fonte: Manual de la Nueva Gramática de la Lengua Española – Real Academia Española y Asociación de Academias de la Lengua Española.

Sobre o Autor: Luis Henrique é professor de espanhol e atua em projetos voluntários junto a comunidades de imigrantes ‘hispanohablantes’. É apaixonado pelo idioma e pela cultura dos países que falam espanhol.

4.jpg

Autor Convidado

Este artigo foi escrito por um Autor Convidado do Dicas de Espanhol. Confira o nome do autor no rodapé do texto acima. Seja um colaborador, clique aqui e saiba como participar.

4 comentários

  • 13/03/12  
    Yuli diz: 1

    Sim, é verdade, os pronomes átonos causa muita confusa.
    Luis, será que tem como você me passar o seu e-mail? Amo espanhol, gostaria muito de me especializar e seguir carreira como professora, gostaria de esclarecer algumas dúvidas.
    Obrigada!

    • 13/03/12  
      Luis Henrique diz:

      Pode me mandar uma mensagem particular (MP) pelo fórum, sou o usuário luish. Se ainda não tiver o registro, é só seguir as instruções e se registrar, é muito rápido e simples. Assim você poderá interagir pelo fórum e tirar algumas dúvidas.

  • 22/03/12  
    Patrícia Neres Cavalcante diz: 2

    Gostaria muito de interagir e poder tirar dúvidas junto aos partcipantes que gostam de espanhol.

    • 22/03/12  
      Alessandro diz:

      Oi Patrícia,

      Sugiro que faça o seu cadastro no fórum de idiomas e participe da seção de espanhol. Segue o link:

      https://www.forumdeidiomas.com.br/

      Obrigado pelo comentário e bons estudos!