Livreto: Guia de conversação Espanhol

Olá pessoal! A minha dica de hoje na verdade é para fazer alguns comentários sobre um livreto que comecei a ler há poucos dias e que recomendo tanto para pessoas que são iniciantes no estudo do español quanto para quem está se aperfeiçoando!

PASSAPORTE – Guia de Conversação – Espanhol (da Martins Fontes), para quem é estudioso em outros idiomas esse livreto tem edição em outros idiomas também.

Bem no comecinho desse livro há uma parte que fala sobre os temas: países diferentes, costumes diferentes, algumas dicas culturais da lindíssima España.

Falam sobre os cumprimentos dos nativos, “os homens se cumprimentam com um aperto de mãos. As mulheres se dão um ou dois beijinhos. Até cerca de 13h as pessoas se cumprimentam com buenos días. Depois do almoço e até as 21h, usambuenas tardes. A partir das 21h ou após o jantar, dizem buenas noches”. Aqui no Brasil falamos bom dia até às 11:00hs, às 12:00hs já falamos boa tarde, e depois das 19:00hs usamos o boa noite. Um pouco diferente de nossa cultura aqui, não é?

“Na Espanha, as pessoas passam a se tratar de modo não formal com certa rapidez, o que implica usar o tú como forma de tratamento. Isso acontece principalmente entre os jovens. Para dirigir-se a pessoas de mais idade de modo cortês, deve utilizar o usted. Não se surpreenda se em lojas, bares ou mesmo na rua alguém se dirigir a você tratando-o como guapa (bonita), guapo (bonito) ou reina ( rainha). É apenas um jeito amável de abordar uma pessoa.”

“Em geral, na Espanha come-se pouco no café-da-manhã. No final da manhã, toma-se um café com leche (café com leite) ou um café espreso num bar ou numa cafetería, com uma pasta (pão doce) ou churros. Lembre-se de que nos hotéis o valor da diária, na maioria das vezes, não inclui o café da manhã, que deve ser pago à parte”. Outra diferença de nossa cultura: que temos normalmente nosso belo café da manhã.

Já no restaurante… “Quase todos os restaurante da Espanha oferecem, na hora do almoço, o menu do dia: plato del día ou menú del día. Esse menu geralmente tem um preço bem razoável e se compõe de três pratos: primer plato (entrada), segundo plato ( prato principal) e postre ( sobremesa). Normalmente, há opções para cada uma dessas etapas. O preço inclui ainda pão e uma bebida. Se você quiser comer apenas uma coisinha leve, recomendamos as cafeterías, que têm platos combinados, algo parecido com nossos ‘pratos pronto’ ou ‘ pratos executivos’. Se as pessoas vão ao restaurante com um grupo de amigos, é comum dividirem a conta por igual. Dar gorjeta não é obrigação, mas é muito comum nos restaurantes. O valor da gorjeta fica a seu critério. Se quiser dar gorjeta, deixe-a na bandejinha em que lhe trouxeram la cuenta ( a conta). Feito isso, pode ir embora, mesmo que o garçom ainda não tenha vindo buscá-la.”

Os horários das refeições: “as pessoas almoçam entre 14h e 15h, e jantam entre 21h30 e 22h30.” Um pouco diferente de nós aqui no Brasil, mas nem tanto porque depende muito também da localidade e do nosso tempo no nosso dia-a-dia, saída de traballho, faculdade…

Eventos à noite e de madrugada: “A vida noturna na Espanha começa bem tarde – nomalmente à meia-noite – e pode durar até de manhã. As pessoas podem ir primeiramente a um restaurante para jantar com os amigos, depois beber alguma coisa e, por fim, a uma discoteca. Para fechar tudo isso com chave de ouro, pode-se comer um chocolate con churros de café da manhã. Outro hábito comum entre os espanhóis, principalmente entre os jovens, é não permanecer durante toda a noite em um mesmo bar: chegam, pedem uma bebida e, ao terminá-la dirigem-se a outro, e assim sucessivamente. O limite pode ser o bolso, o horário do metrô, ter ou não que levantar cedo no dia seguinte, etc. Em alguns eventos festivos (festas nacionais, casamentos, aniversários) as crianças também participam até tarde da noite.” Aqui no Brasil depende também da localidade pois aqui no Sudeste, em algumas cidades, a balada começa 23hs e 00hs, e para quem gosta de barzinhos é bem parecido com os espanhóis, quem pode (R$ + tempo), passa por vários barzinhos diferentes numa só noite e há alguns que ainda terminam nas baladas.

E os horários de funcionamento? “Pelos horários das refeições é possível perceber que na Espanha os relógios trabalham um pouco diferente. Isso também pode ser percebidos nos horários de aberturas das lojas: a maioria delas abre ás 09h e fecha por volta das 14h para almoço e a siesta ( horário de descanso) , voltando a abrir as 17h. Normalmente as lojas ficam abertas até as 20h. As grandes lojas de departamentos, que têm filiais em todas as grandes cidades, abrem geralmente às 10h e funcionam sem intervalo até as 21h. Esses horários também valem para os sábados, mas convém confirmá-los para evitar surpresas desagradáveis.” Mas uma vez um pouco diferente daqui, as lojas geralmente abrem as 09hs ou 10hs (sem intervalo), e encerram expediente entre 18hs ou às 20hs (se for em shoppings).

Ao telefone: “As pessoas atendem ao telefone dizendo ¿Diga?, ¿Dígame? ou somente um breve ¿Sí?. È possível encontrar várias cabines telefónicas, em que os telefones funcionam tanto com moedas como também com tarjetas telefónicas (cartões de telefone). Também é possível dirigir-se a um locutorio, locais com várias cabines, ou a algum endereço da Telefónica, a empresa espanhola de telefonia.” Aqui também usamos cartões telefónicos na grande maioria dos estados brasileiro ( não sei se há algum estado que ainda usa as moedas, acho que não…)

Tráfego nas estradas: “Em todas as autopistas (rodovias) paga-se pedágio, e as tarifas são razoavelmente altas. A cobrança de pedágio está sinalizada com uma letra P(Peaje) nas placas que identificam as rodovias. Nas estradas denominadas carreterastrafega-se gratuitamente, e nas denominadas autovías pode ou não haver cobrança de pedágio.É conveniente informar-se localmente a esse respeito para evitar surpresas.”

“Os espanhóis gostam muito de jogar na loteria. O principal jogo promovido pela empresa pública que administra esse setor é a Loteria de natal (Loteria de Navidad ou El Gordo de Navidad), jogo em que o ganhador principal pode ficar milionário. Além da empresa pública de loterias, há também a ONCE(Organización Nacional de Ciegos Españoles) – a organização espanhola de cegos – que promove jogos de loteria. Os bilhetes são vendidos por cegos e por portadores de necessidades especiais, em esquinas, estabelecimentos e também em vários pequenos postos de loterias da ONCE. Essa organização tem sido dirigida com muito sucesso e tem criado para os cegos inúmeras facilidades e benfeitorias públicas. Os vendedores de bilhete recebem um salário mensal fixo.”

A Imprensa: “A oferta de jornais na Espanha é bem variada. Há jornais sensacionalistas (prensa amarilla), revistas de fofocas e do mundo das celebridades (prensa del corazón), jornais de esportes (como o jornal Marca
e jornais diários de reputação internacional como o El País, o El Mundo ou o ABC. Todos eles contam com suplementos que saem em diferentes dias da semana. O El País publica, por exemplo, o suplemento Babelia(sobre literatura) aos sábados, o CiberP@ís (sobre informática) às quintas-feiras, e aos domingos, o EPS ( El País Semanal), um suplemento em forma de revista.”

Por hoje é só!!

Para quem pensa em ir para a Espanha, algumas dicas que foram dadas hoje já podem ser seguidas!

Como é bom estar em contato com outras cultutras e aprende rum pouco mais com eles, vocês não acham?

Espero que tenham gostado da dica cultural de hoje!

¡Hasta pronto!

Débora

Débora Souza dos Santos

Débora Souza dos Santos, 26 anos, Turismóloga. Trabalhou numa Multinacional (Orange Business Services), formada em espanhol desde 2005 na Yes Idiomas. Em 2012 deu aulas no Colégio São Judas Tadeu como professora cooperada para ensino fundamental e médio.

4 comentários

  • 09/12/11  
    Bruno Costa diz: 1

    Realmente, é muito importante saber como é a cultura do local para onde você ira viajar. Boa Dica.

    • 10/12/11  
      Débora Santos diz:

      Boa Tarde Bruno!

      Obrigada pelo seu comentário!

      Verdade, é importante você saber a cultura do local para onde você deseja ou já escolheu conhecer!

      Saber seus costumes, isso ajuda bastante para quando você estiver no lugar, e saber como lidar, e como agir!

      Obrigada, e volte sempre no DE!!!!

      Bons estudos!

      Abraços,

      Débora.

  • 02/01/12  
    Cleiva diz: 2

    Obrigada pelas dicas Débora!
    Gostei demais!!!

    • 03/01/12  
      Débora Santos diz:

      Olá Cleiva!!!

      Obrigada você por visitar o DE!! Fique a vontade sempre, para pesquisar, estudar!!!!

      Volte sempre!!!

      Abraços!